PRECISA DE AJUDA?

PERGUNTAS FREQUENTES

Sim, é possível! Para isso será preciso fazer uma readequação nas instalações existentes.

Sim, é possível! Nos da Standard Instalações realizamos os serviços com total segurança sem comprometer nenhum elemento da construção.

Todos os serviços realizados pela Standard Instalações são registrados no CREA (Conselho Regional de Engenharia e Arquitetura) local, com a emissão da ART sob responsabilidade direta do Diretor da empresa (Engenheiro Civil).

Todos os serviços e materiais utilizados possuem garantia conforme direito do consumidor.

Todas as válvulas de descarga (conhecida como Válvula Hydra) deverão ser desativadas antes ou durante os serviços da individualização. Elas são incompatíveis com a individualização devido às altas vazões que as mesmas exigem.

Em prédios novos (que já possuem o local de instalação dos medidores de água) o investimento pode variar de R$ 200,00 a R$ 500,00 por/apto.
Já em prédios antigos, é necessário realizar uma vistoria no local e analisar os projetos existentes para se chegar no valor exato dos serviços.

- Em prédios novos (que já possuem o local de instalação dos medidores de Gás) o investimento pode variar de R$ 320,00 a R$ 650,00 por/apto. 

- Já em prédios antigos, é necessário realizar uma vistoria no local e analisar os projetos existentes para se chegar no valor exato dos serviços.

Não. Cada companhia de saneamento tem sua norma interna na qual consta a especificação correta dos hidrômetros. Exija sempre a especificação de acordo com a norma da companhia do seu Estado.

- Leitura direta com o técnico que coleta todas as leituras presencialmente.
- Leitura remota, composta de equipamentos eletrônicos que enviam as leituras diretamente para nosso sistema ou para o sistema da companhia local.

Não. O condomínio é quem escolhe a forma da coleta das leituras: Com ou Sem telemetria. Nós da Standard Instalações dispomos das duas modalidades.

No entanto, algumas companhias de saneamento exigem a telemetria em alguns casos. Consulte-nos para maiores detalhes.

A cobrança pode ser feita:

- Pela concessionária/companhia local emitindo as contas individuais diretamente para cada morador;
- Com o gerenciamento interno do Condomínio. Neste caso a Standard Instalações realizará todas as leituras, emitirá os relatórios individuais e prestará todos os serviços necessários para o bom funcionamento do sistema.

Um relatório geral será enviado para a Administradora do condomínio a qual irá lançar nos boletos os valores dos consumos individuais de cada apartamento.

Os principais documentos estão relacionados abaixo. Porém, mediante a necessidade outros documentos poderão ser solicitados, conforme as exigências das companhias.

- ART da execução dos serviços;
- Constituição do Condomínio;
- Ata de Eleição da Síndica (o);
- Ata de aprovação da individualização em assembleia (com as assinaturas de 50% + 1 dos presentes);
- Termo de Compromisso da Companhia preenchido;
- Copia do CPF, RG e Escritura/IPTU (de 100% dos proprietários).

Será necessário apenas a (o) Sindica (o) assinar o nosso contrato de gerenciamento do sistema individualizado. Nada mais!

O GLP (Gás Liquefeito de Petróleo), ou gás de cozinha, consiste numa mistura gasosa de hidrocarboneto obtido das reservas do sub-solo, ou do processo de refino do petróleo cru nas refinarias. O GLP é acondicionado dentro cilindros e de botijões de gás em estado líquido.

O GN (gás natural) é um combustível fóssil que se encontra na natureza, normalmente em reservatórios profundos no subsolo. O GN é resultado da combinação de hidrocarbonetos gasosos, nas condições normais atmosféricas de pressão e temperatura. É fornecido por uma rede de distribuição encanada.

O GLP tem uma densidade maior que o GN, por isso, em casos de vazamentos o GLP tende a desce ou se acumular no piso enquanto o GN (por ser leve) tende a subir.

Sim, é preciso. Este processo é conhecido como Conversão. Pois o GN possui uma pressão menor que o GLP. Por isso, é necessária esta adaptação dos injetores interno do fogão para regular as chamas.

Atenção!

Cada modelo de fogão tem um kit especifico para esta conversão.
O sistema de distribuição de gás canalizado do edifício precisa de manutenção?

Sim ! É obrigatória a revisão geral do sistema de distribuição de gás do edifício. Conforme a NBR 15526, deve ser realizado um teste de estanqueidade do sistema, conferir a validade dos reguladores de pressão e das mangueiras dos fogões / fornos.

Os Reguladores de pressão e mangueiras de gás tem validade de 05 anos. Os testes também devem ser realizados no máximo a cada 05 anos (para instalações residenciais) e a cada 01 ano (para instalações industriais).

Apesar de ser um tema polêmico, muitos condomínios realizam estes procedimentos para reduzir a inadimplência.
Para tal, o Condomínio deve aprovar em reunião todos os critérios para a realização do corte. Estes critérios devem constar no Regimento Interno do condomínio.